"Metal Gear Solid não está morto…"

A série Metal Gear parece ainda ter muitos anos pela frente. Pelo menos de acordo com as declarações de Hideo Kojima, responsável e criador da SAGA, numa entrevista interna da Konami, onde o japonês sublinhou que, “Metal Gear Solid não está morto e a saga continua.”

O criador japonês aproveitou também para destacar o papel importante que terá Metal Gear Solid: Peace Walker no enredo da série.

“Tinha este projeto em mente desde que estava trabalhando em Portable Ops. Decidi colocar o projeto nas mãos da nova geração de produtores da Kojima Productions. No entanto, a minha última decisão foi que era demasiado cedo para deixar por completo o jogo nas suas mãos, por isso decidi tomar as rédeas.”

Hideo Kojima insistiu que MGS: Peace Walker será um jogo da classe de MGS5, “Estou supervisionando, desenhando, produzir, dirigindo e  editando o título em conjunto com a equipe de Metal Gear Solid 4. Queremos atingir a mesma qualidade de MGS4 de PS3. É difícil manter a mesma qualidade, mas acreditamos que podemos chegar lá.”

A temática de Peace Walker vai situar o jogo num ambiente de armas nucleares e de guerra, segundo comentários de Kojima. “A série MGS sempre jogou com mensagens anti-bélicas e anti-armamento, e Peace Walker não será uma excepção.”

O PSP está se tornando uma das plataforma de trabalho de Kojima, o produtor reconheceu que o jogo vai oferecer funcionalidade apenas possíveis no PSP, embora não se aprofunde em detalhes.

“Para lançar alguma luz sobre o assunto…durante o jogo o jogador vai poder personalizar Snake com seus gostos e determinar que tipo de soldado quer chegar a ser antes de embarcar na missão. Por exemplo, existem equipamentos pesados de proteção que farão ruído ou outras configurações que não irão permitir levar muitas armas.”

Metal Gear Solid: Peace Walker será lançado em 2010

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.