Notícias da Sony

sony-logo

A fabricação do novo modelo do PlayStation 3, o PS3 Slim, continua sendo caro para a Sony Computer Entertainment, cujo presidente, Kaz Hirai, concedeu uma entrevista ao Times Online onde destaca que continuam perdendo dinheiro com cada console que fabricam, e que essa tendência não irá mudar com a chegada do novo modelo.

“Se falar-mos apenas de hardware, a resposta rápida é sim,” disse Hirai, No entanto, o presidente da Sony Computer Entertainment argumenta que os lucros de uma companhia, seja qual for, não se deixam levar apenas pelas vendas de consoles. “O melhor é tomar o nosso negócio como uma única plataforma.”

Hirai acrescenta que, “É rentável em termos de hardware, de software e de periféricos. E a resposta é positiva, o que se traduz em lucros desde o último ano fiscal.” O recente corte no preço do PS3 não ajuda, no entanto faz aumentar a procura de consoles.

Hirai falou também sobre pequenas coisas como a mudança do logótipo do PlayStation 3 no seu modelo Slim. A Sony garante que apagou do mapa a tipologia Spiderman que não encaixava corretamente no tamanho do novo desenho do console. “Acho que não iria funcionar em termos de visibilidade,” comentou Hirai.

46744__320x_ps3-slim

Em outra notícia relacionada:

O PS3 Slim está destinado a ser a grande salvação comercial da Sony Computer Entertainment Europe, que já investiu 94 milhões de euros em marketing e publicidades para promover esta nova versão do console, que chegará às lojas no próximo dia 1 de Setembro por 299 euros.

As novas ações de publicidade que realizará vão focar em destacar as virtudes multimédia do console, assim como os seus serviços.

Segundo a própria Sony esta redução de preço do PlayStation 3 foi possível graças às mudanças na economia global. Kaz Hirai, na notícia acima, admitiu que a fabricação do console continua a representar perdas para a companhia, mas que a divisão de jogos na sua globalidade é rentável em termos economicos.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.