CyberAtletas

 

 

cyber2

 

A onda dos e-Sports (ou esportes eletrônicos) é uma novidade que cresce cada vez mais no Brasil. Jogadores de videogames se tornam profissionais, vencem campeonatos, ganham dinheiro e passam a ganhar status de atletas olímpicos. Já é algo muito conhecido no exterior, mas, no país, o mercado ainda está em crescimento — e ser um profissional de games não é tão simples quanto parece. Diferentemente do que acontece em outros países, como nos Estados Unidos ou na Coreia do Sul.

Segundo a Riot Games, desenvolvedora de games e que também atua nos cenários de e-Sports, essa “brincadeira” pode render US$ 46 bilhões até 2016 para o Brasil.

Leia mais na matéria do R7 –> http://goo.gl/UdlEv

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.