Rockstar revela que recepção do público brasileiro é uma das prioridades para Max Payne 3

imagem

Uma das grandes promessas para o começo de 2012, “Max Payne 3” tem vários motivos para chamar a atenção dos jogadores brasileiros. Ambientada em São Paulo, a saga do anti-herói terá como cenário o submundo da criminalidade paulistana, colocando Max como um dependente de analgésicos para lidar com as perdas e seu novo trabalho de segurança particular.

Em viagem a Nova Iorque para conhecer mais sobre a produção do jogo, saber detalhes sobre a Rockstar e poder conferir a demo do novo game, pudemos ter uma rápida primeira conversa com a equipe de relações públicas da própria Rockstar.

Segundo os profissionais, a dedicação e o foco no mercado brasileiro são itens de primeira importância. Assuntos como localização para o português, sistema de vendas e até a recepção do público com a representação da cultura paulistana e brasileira estão constantemente sendo estudados para trazer a melhor experiência possível para os jogadores.

Durante a conversa foi inevitável não tocar no assunto “GTA V”, mas cada um dos profissionais presentes foi categórico ao afirmar que o sistema de trabalho da Rockstar não permite pensar em um jogo ou falar sobre ele, até que o trabalho com o anterior esteja completamente concluído.

Assim, espere pouca ou nenhuma informação sobre “GTA V”, até que “Max Payne 3” seja lançado. Outro assunto cercado de mistério durante nossa primeira conversa com a equipe da Rockstar foi o sistema de multiplayer de “Max Payne 3”. Prometendo revelar detalhes sobre o modo de jogo em breve, a equipe fez questão de desviar a conversa sempre que possível, dando sinais de que algo relevante será acrescentado aos modelos de multiplayer presente nos jogos da empresa.

Detalhes sobre todos esses assuntos ainda serão revelados durante a cobertura de “Max Payne 3” aqui em Nova Iorque, mas desde já foi possível visualizar a preocupação da equipe em entregar um trabalho de qualidade e especialmente conectado com o público final. Sorte de nós, brasileiros.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.