SOM: A fronteira final

som-ona-hole-3

Se você acreditava que os controles com rumble (treme-treme) do PSX e N64, o tapete de dança ou até a Guitarra e instrumentos musicais fossem a ultima fronteira entre a interação humana com os jogos, pense novamente. Está sendo lançado o SOM, um novo acessório para jogos que promete uma “estimulação mecânica controlada e sincronizado com os eventos do jogo através de uma interface USB.”

O acessório terá as versões, “Homens”, “Mulheres” e “Mão” e promete a “Next Generation in Sensory Reality” via its innovative “Sync-Climax” system (algo como: “A próxima geração em realidade sensorial via sistema de Sincronismo.”)

Maiores informações podem ser obtidas no site do Cross Days (que será o primeiro jogo a utilizar o acessório) ou na pagina do SOM, onde você pode ver o aparelho em “funcionamento”.

Fonte: LiverDoor

7 menções

Pular para o formulário de comentário

  1. […] do jogo Cross Days, citado neste post, o primeiro jogo a utilizar o acessório S.O.M, pois bem, o jogo teve o seu lançamento adiado em 2 […]

  2. […] nova fronteira no desenvolvimento de recursos de interação para o jogadores. Cross Days trouxe o S.O.M e Tech48 promete a interação visual entre o jogo e os […]

  3. […] acreditava que eles nunca mais me surpreenderiam após o Mouse 3D o Dakimakura e, principalmente, o S.O.M mas eles […]

  4. […] Ah! E você não entende porque “estamos” anciosos por este jogo? Veja aqui. […]

  5. […] campo do entretenimento adulto informatizado é imenso, quem acompanha o CAVVES já conhece o S.O.M, e acaba de ficar ainda […]

  6. […] não é a primeira vez que os japoneses investem neste tipo de interface, sendo o S.O.M o pioneiro neste […]

  7. […] campo do entretenimento adulto informatizado é imenso, quem acompanha o CAVVES já conhece o S.O.M, e acaba de ficar ainda […]

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.